Carnaval RJ: resultados dos Grupos B, C, D e E

bangu-adriana-vieira

Nesta quinta-feira (02/03) foram conhecidas as campeãs do Carnaval do Rio de Janeiro nos Grupos B, C e D. Os grupos, hoje administrados pela LIESB e que desfilam na Intendente Magalhães, contam com várias escolas que já passaram pela Marquês de Sapucaí e outras agremiações mais novas que estão buscando o ‘seu lugar ao sol’. Abaixo um resumo de cada grupo:

GRUPO B
desfile na terça-feira, 28/02
Classificação final:
1º Unidos de Bangu 269,1 (sobe pro Grupo A)
2º Unidos do Cabuçu 269,0
3º Tradição 268,9
4º Arame de Ricardo 268,8
5º Em Cima da Hora 268,7
6º Acadêmicos do Engo. da Rainha 268,6
7º Vizinha Faladeira 268,5
8º Unidos da Ponte 268,4
9º Unidos do Jacarezinho 268,2
10º Leão de Nova Iguaçu 267,7 (rebaixada p/ Grupo C)
11º Caprichosos de Pilares 266,2 (rebaixada p/ Grupo C)
12º Favo de Acari 265,3 (rebaixada p/ Grupo C)
13º Mocidade Unida do Sta. Marta 262,1 (rebaixada p/ Grupo C)

 

grupo-b

 

GRUPO C
desfile na segunda-feira, 27/02
Classificação final:
1º Unidos das Vargens 269,4 (sobe p/ Grupo B)
2º Lins Imperial 269,4 (sobe p/ Grupo B)
3º Acadêmicos de Vigário Geral 269,2 (sobe p/ Grupo B)
4º Unidos de Lucas 269,2
5º Boca de Siri 269,0
6º Arranco 268,9
7º Sereno de Campo Grande 268,8
8º Unidos da Vila Santa Tereza 268,8
9º União de Maricá 268,5
10º Unidos da Vila Kennedy 268,4
11º União de Jacarepaguá 268,3 (rebaixada p/ Grupo D)
12º Coroado de Jacarepaguá 266,6 (rebaixada p/ Grupo D)
13º Arrastão de Cascadura 266,4 (rebaixada p/ Grupo D)
14º Flor da Mina do Andaraí 266,1 (rebaixada p/ Grupo D)

 

vargens-adriana-vieira

grupo-c

 

GRUPO D
desfile no domingo, 26/02
Classificação final:
1º Império Da Uva 269,4 (sobe p/ Grupo C)
2º Rosa de Ouro 269,2 (sobe p/ Grupo C)
3º Difícil É O Nome 268,9 (sobe p/ Grupo C)
4º Chatuba de Mesquita 268,5
5º Mocidade Ind. de Inhaúma 268,2
6º Alegria Do Vilar 267,6
7º Unidos de Cosmos 267,5
8º Tupy de Braz De Pina 267,3
9º Unidos de Villa Rica 266,9
10º Acadêmicos da Abolição 266,6
11º Unidos de Manguinhos 266,6 (rebaixada p/ Grupo E)
12º Acadêmicos Do Dendê 266,5 (rebaixada p/ Grupo E)
13º Nação Insulana 264,4 (rebaixada p/ Grupo E)
14º Moc. Unida da Cidade De Deus 263,5 (rebaixada p/ Grupo E)
15º Matriz de São João (não desfilou) (rebaixada p/ Grupo E)

 

uva-adriana-vieira

grupo-d

 

As escolas do Grupo E desfilaram no sábado (04/03) na Intendente Magalhães. A princípio seriam 19 escolas, mas a Liesb acabou confirmando que apenas 15 desfilariam. E a grande campeã foi a Império Ricardense! A apuração aconteceu nesta segunda-feira (06) e a classificação final ficou assom:

Ordem do desfile do Grupo E:
1º IMPÉRIO RICARDENSE 169,7 (subiu p/ Grupo D)
2º ACADÊMICOS DE MADUREIRA 169,5 (subiu)
3º CORAÇÕES UNIDOS DO AMARELINHO 169,4 (subiu)
4º ACADÊMICOS DO JARDIM BANGU 169,2
5º GATO DE BONSUCESSO 168,6
6º BOÊMIOS DE INHAÚMA 167,9
7º FEITIÇO DO RIO 167,6
8º COLIBRI DE MESQUITA 167,5
9º BOI DA ILHA DO GOVERNADOR 166,9 (rebaixada)
10º EMBALO CARIOCA 166,4 (rebaixada)
11º DELIRIO DA ZONA OESTE 165,9 (rebaixada)
12º CHORA NA RAMPA 165,5 (rebaixada)
13º UNIDOS DO CABRAL 165,2 (rebaixada)
14º UNIDOS DO SALGUEIRO 163,3 (rebaixada)
15º ACADÊMICOS DE PILARES 152,9 (rebaixada)

Em teoria as últimas 7 escolas ficarão inativas por dois anos. Mas, é sempre bom aguardar por nos últimos anos aconteceram algumas reviravoltas. As escolas: Unidos da Costa Verde; Mocidade de V. de Carvalho; Bohêmios da Cinelândia; União de Vaz Lobo e Império da Zona Oeste estavam inscritas para desfilar, mas não participaram. A Acadêmicos de Pilares não constava da relação original, divulgada em Janeiro, mas veio pro desfile!

Fotos: Adriana Vieira, Wellington Silva e radioarquibancada.com.br

Carnaval RJ: resultados dos Grupos B, C, D e E

Madureira em festa! Portela quebra jejum e Império Serrano volta pra elite.

aguia-portela

 

A Portela, maior campeã do carnaval do grupo especial do Rio de Janeiro, voltou a vencer após 33 anos. A azul e branco de Madureira contou a “importância dos rios para a humanidade” e em mais um belíssimo trabalho do carnavalesco Paulo Barros, sagrou-se campeã e derrubou um enorme jejum. O desfile foi realmente muito bonito e a maioria dos especialistas colocava a Portela como favorita. Era difícil achar um quesito onde fosse possível descontar algum décimo. Prova disso é que a escola liderou a apuração desde o 1º quesito. Antes da leitura das notas de Enredo, Portela e Mocidade estavam empatadas. Porém, a escola de Padre Miguel perdeu alguns décimos e a Portela soltou o grito que estava preso na garganta há mais de três décadas. Se levarmos em conta o último título ‘solo’ da Portela, a façanha foi ainda maior. Em 1984 e 1980, últimos títulos antes deste conquistado nesta quarta-feira (1), a Portela dividiu o troféu com outras escolas(*). A última vez que a escola de Madureira foi campeã sozinha foi em 1970!

 

Menção honrosa também para a Mocidade Independente de Padre Miguel, que fez um desfile tão belo e surpreendente quanto o da Portela, e voltou a ser protagonista de um carnaval no Grupo Especial. Depois de alguns anos em posições intermediárias e até brigando contra o rebaixamento, a Mocidade brigou ponto a ponto pelo título (que não conquista desde 1996) e recolocou a escola num patamar que dá esperanças ao seu torcedor, de continuar ‘brigando’ na parte de cima da classificação.

 

O ponto negativo foi o julgamento. Nada que tire o mérito da Portela, longe disso, mas a falta de critério de alguns jurados é algo pavoroso. E os exemplos são diversos. A Unidos da Tijuca foi talvez o caso mais emblemático, perdendo poucos décimos em quesitos como Evolução, Harmonia e Enredo, onde se esperava que fosse mais ‘penalizada’, uma vez que o segundo carro alegórico ficou parado na avenida por quase 30 minutos, para que os bombeiros pudessem socorrer as vítimas do acidente (parte do teto da alegoria veio a baixo). As alas passaram pelos lados do carro, formaram grandes buracos, e quando o carro andou passaram outros dois enfileirados atrás. Os componentes não cantavam o samba (assustados e tristes, com razão) e a escola perdeu pouquíssimos pontos. Realmente o ‘peso’ da camisa, assim como no futebol, assombra o carnaval do Rio de Janeiro. Isso sem contar que nenhuma escola será rebaixada neste ano, por conta de um acordo entre todos os presidentes de agremiações e a Liesa (apenas a Mocidade votou contra a medida). Enfim, o carnaval carioca vai perdendo credibilidade ano a ano, e num desfile marcado por dois acidentes graves, com quase 40 feridos, os presidentes de escola deram um ‘canetaço’, ou no jargão popular, a dita virada de mesa. Lamentável.

 

Império Serrano volta pro Grupo Especial em 2018

Assim como a sua vizinha de bairro, o Império Serrano também tem motivos pra comemorar. A escola sagrou-se campeã do Grupo A e vai voltar pra elite em 2018. Com o enredo “Meu quintal é maior que o mundo” a escola 9 vezes campeã do Grupo Especial venceu o ‘purgatório’ do acesso, e conquistou a única vaga em disputa. A briga foi ponto a ponto com a Viradouro, Estácio de Sá e Unidos de Padre Miguel. Esta última acabou perdendo pontos preciosos com a fatalidade que ocorreu com sua porta-bandeira (que sofreu uma queda na frente de uma cabine julgadora, torceu o joelho e precisou ser substituída no meio do desfile). Já a Estácio e Viradouro foram perdendo ‘fôlego’ nos últimos quesitos (comissão de frente e evolução). Antes da leitura das notas de samba enredo, a vantagem do Império já era de 4 décimos, e aí só um desastre tiraria o título da escola de Madureira. Mas isso não aconteceu e a vantagem até foi ampliada. Império Serrano Campeão e assim desfilará no Grupo Especial no ano que vem.

 

bandeira-imperio

 

Notas:
(*) Em 1980 Portela, Imperatriz e Beija-Flor foram declaradas campeãs. Já em 1984 a Portela foi a campeã dos desfiles de Domingo e a Mangueira dos desfiles de Segunda e do Supercampeonato.
– Paulo Barros, carnavalesco, conquista seu 4º título: (2010, 2012 e 2014 com a Tijuca) e agora com a Portela.

 

Todas as campeãs do RJ (grupo principal):
https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_campeãs_do_carnaval_do_Rio_de_Janeiro

 

Grupo Especial, classificação final:
Campeão Portela 269,9
Vice Mocidade 269,8
3º Salgueiro 269,7
4º Mangueira 269,6
5º Grande Rio 269,4
6º Beija Flor 269,2
7º Imperatriz 268,5
8º União da Ilha 267,8
9º São Clemente 267,4
10º Vila Isabel 267,4
11º Tijuca 266,8
12º Tuiuti 264,6

 

imagem-portela

 

O andamento da apuração, quesito a quesito:
1º quesito (Alegorias): Salgueiro, Beija-Flor, Portela, Mangueira, Grande Rio e Mocidade 30 pontos. Ilha 29,9.
Após o 2º quesito (Bateria): Salgueiro, Portela, Beija-Flor e Mangueira 60 pontos; Ilha e Mocidade 59,9; Imperatriz 59,7
Após o 3º quesito (Fantasias): Portela, Salgueiro e Mangueira 90 pontos; Ilha e Mocidade 89,9; Beija-Flor/G Rio/Imperatriz 89,6
Após o 4º quesito (Samba Enredo): Portela e Mangueira 120 pontos; Mocidade 119,9; Salgueiro 119,7; Grande Rio 119,6
Após o 5º quesito (Comissão de Frente): Portela e Mocidade 149,9 pontos; Mangueira 149,8; Salgueiro 149,7; Grande Rio 149,6; Beija Flor 149,5
Após o 6º quesito (Evolução): Portela e Mocidade 179,9 pontos; Salgueiro e Mangueira 179,7; Grande Rio 179,6; Beija Flor 179,5
Após o 7º quesito (Harmonia): Portela e Mocidade 209,9 pontos; Salgueiro 209,7; Grande Rio e Mangueira 209,6; Beija Flor 209,5
Após o 8º quesito (M Sala e P Bandeira): Portela e Mocidade 239,9 pontos; Salgueiro 239,7; Mangueira 239,6; Grande Rio e Beija Flor 239,4

 

mspb-imperio

 

Grupo A, classificação final:
1º Império Serrano 269.8
2º Unidos do Viradouro 269.3
3º Estácio de Sá 269.1
4º Unidos de Padre Miguel 268.9
5º Unidos do Porto da Pedra 268.2
6º Acadêmicos da Rocinha 266.6
7º Império da Tijuca 266.3
8º Acadêmicos do Cubango 265.6
9º Inocentes de Belford Roxo 265.2
10º Renascer de Jacarepaguá 265.1
11º Acadêmicos do Sossego 264.5
12º Acadêmicos de Santa Cruz 264.2
13º Alegria da Zona Sul 263.3
14º União do Parque Curicica 260.6 (rebaixada para o Grupo B em 2018)

 

A apuração dos desfiles da Intendente Magalhães (Grupos B, C e D) será nesta quinta-feira(2), a partir das 14:00. Acompanharemos. #ApuracaoRJ

Madureira em festa! Portela quebra jejum e Império Serrano volta pra elite.

Acompanhamento dos Jogos Paralímpicos

paraolimpic

 

Olá,

Escrevo pra pedir desculpas aos seguidores, por não estar conseguindo fazer a cobertura dos Jogos Paralímpicos como eles mereceriam. O ponto principal é a falta de tempo. Mesmo sendo um amante dos esportes em geral, eu não trabalho com isso. Sequer sou jornalista (sonho de infância não realizado). Minha fonte de renda é o emprego que tenho na iniciativa privada, no horário comercial, numa empresa de saúde.  Todos os resultados que passo no twitter, no blog e também na Rádio Web Esportiva eu faço nos intervalos (almoço, cafés, etc.) e por vezes até no meu horário de trabalho. O meu tempo ‘livre’ (noites e finais de semana) também é dedicado a isso e, por vezes, acabo mergulhando demais nisso e esquecendo de outras coisas importantes.

No último domingo, por exemplo, cobri um evento esportivo regional para a minha Rádio Web há uns 200km da minha cidade. Ida e volta no mesmo dia, 5 modalidades esportivas acompanhadas, e o cansaço bateu. Não consegui acompanhar os Jogos Paralímpicos no domingo e também na segunda-feira. Assim, por conta desse hiato de 2 dias, ‘desisti’ de retomar os atrasados e seguir a cobertura. O evento merece alguém que o acompanhe diariamente, desde a manhã até a noite, e não estou conseguindo fazer isso. Entre fazer uma cobertura ‘meia boca’ e não fazer nenhuma, eu escolho a segunda opção. Gosto de tudo bem feito, de capricho e esmero. E se não dá pra ser assim, melhor não fazer.

Também estou dando foco nesse projeto da Rádio Web Esportiva (www.radiowebesportiva.com.br), que precisa de tempo para pesquisa e postagem de matérias locais/regionais. Assim, e por não conseguir fazer duas coisas ao mesmo tempo (notícias locais e notícias olímpicas) eu vou ter que botar o pé no freio e reduzir o ritmo dos resultados nacionais/internacionais, pra dedicar tempo nas coisas locais e tentar fazer desse hobby uma fonte de renda.

Agradeço a compreensão dos seguidores e peço mais uma vez desculpas por não conseguir passar os resultados como deveria.

Um grande abraço,

Juliano Russi

Acompanhamento dos Jogos Paralímpicos

#JogosParalimpicos Rio 2016, 3ª dia de disputas

Os brasileiros conquistaram 8 medalhas e agora já somam 19 no total!

 

ATLETISMO

Finais:
Lançamento de disco F56, Claudiney Batista medalha de OURO com direito a recorde paralímpico de 45,33m
Lançamento dardo fem – F37, Shirlene Coelho medalha de OURO com 37,57m (+ de 7m pra 2ª colocada)
100m masculino – T36, Rodrigo Parreira da Silva medalha de BRONZE com 12.54
Lançamento dardo fem – F56, Raissa Machado foi a 6ª colocada
Salto distância fem – T42, Ana Claudia Silva terminou em 5º lugar

dia10-atl-shirlene

Eliminatórias:
100m T47, Petrúcio Ferreira bateu o recorde mundial (10.67) e passou pra final;
100m T47, Yohansson Nascimento venceu sua bateria com 10.75 e passou p/ final;
100m T37, Mateus Evangelista venceu a sua série (11.47) e passou pra final;
100m T11, Lucas Prado (11s64), Felipe Gomes (11s22) e Ricardo Costa (11s66) avançaram às semifinais;
arremesso de peso F54, Poliana Sousa ficou em sexto lugar;
100m T37, Paulo Flaviano (12s23) não se classificou para a final.
400m masculino – T53, 1a fase, Ariosvaldo Silva passou pra final com o 5º melhor tempo;
100m feminino – T47, 1a fase, Sheila Finder e Teresinha Santos, ambas passaram pra final;
100m rasos masculino – T11, semifinais, Felipe Gomes passou p/ final com o 4º tempo, Ricardo Oliveira não se classificou e Lucas Prado não competiu (contusão)

dia10-atl-claudinei

 
BASQUETE EM CR
Masculino, 3ª rodada do Grupo B, BRA 55×73 GBR

 
BOCHA
Duplas mistas BC3, com Antonio Leme, Evani Soares e Evelyn de Oliveira, Brasil venceu a Bélgica por 4 a 2 e o Canadá por 11 a 2;
Duplas mistas BC4, em equipe formada por Dirceu Pinto, Marcelo dos Santos e Eliseu dos Santos, Brasil venceu Canadá por 4 a 3 e perdeu pra Tailândia por 4 a 2;
Disputa por equipes BC1xBC2, Brasil venceu Hong Kong por 5×4 e a Espanha por 7 a 1.

 
CICLISMO
Perseguição 4000m C5, disputa do Bronze, Edwin Ruiz/COL 4:38.896; Lauro Chaman/BRA 4º lugar com 4:43.257. O outro brasileiro na prova, Soelito Gohr, ficou em nono lugar, com o tempo de 4:58.969.

 
FUTEBOL DE 7
2ª rodada do Grupo A, encerrado, Brasil 7×1 Irlanda. Segunda, 19:00, BRA x UKR.

 
JUDÔ
final da categoria -70kg feminino, Alana Maldonado/BRA perdeu por imobilização p/ Lenia ALvarez/MEX e ficou com a PRATA!
+70 kg feminino, disputa do bronze, Deanne de Almeida perdeu por imobilização p/ Christella Garcia/USA;
final da categoria -100kg masculino, Antônio Tenório/BRA perdeu pra Choi Gwanggeun/KOR por ippon e ficou com a PRATA! Tenório ganha sua sexta medalha paralímpica. Agora ele tem: 4 de ouro, 1 de prata, 1 de bronze;
final da categoria +100kg masculino, Wilians Araújo/BRA perdeu por ippon p/ Adiljan Tuledibaev/UZB e ficou com a PRATA!
-90kg masculino, Arthur Cavalcante terminou em 7º lugar.

dia10-judo-tenorio

 
NATAÇÃO
Finais:
50m borboleta S5, Daniel Dias medalha de BRONZE com 35.62;
400m livre S11, Matheus Rheine medalha de BRONZE com 4:41.05. Ficou a 0.09 da prata;
100m costas S10, Andre Brasil 4º colocado (59.55), à 0.18 do bronze;
50m costas S3, Maiara Regina Barreto 7ª colocada;
100m costas S10, Mariana Gesteira 6º lugar;
100m peito SB7, Verônica Almeida 7ª colocada;
50m borboleta S5, Joana Neves 6º lugar.

 
REMO
– Single Skiff ASW1x, Cláudia Santos foi 2ª na sua bateria da repescagem (5:34.50) e vai disputar Final A
– Single Skiff ASW1x, Renê Pereira foi 2º na sua bateria da repescagem (5:04.62) e vai disputar Final A
– Double Skiff TAMix2x, Josiane Lima e Michel Pessanha chegaram em 3º na repescagem (4:04.52) e vão disputar Final B

 
TIRO COM ARCO
Recurvo masculino individual, ranking round: 17º Francisco Cordeiro (594), 27º Luciano Rezende (557), 30º Diogo de Souza (550)
Recurvo feminino individual, ranking round: 20ª Fabíola Dergovics (551), 28ª Thais Silva Carvalho (517), 32ª Patricia Layolle (461)
Equipe mista arco recurvo – aberto, classificatório, BRA 12º (1145)
Composto masculino individual, ranking round: Andrey Muniz de Castro 20º colocado com 661;
Composto feminino individual, ranking round: Jane Karla Gogel 3ª colocada (655).

 
TIRO
Classificatória – Carabina de ar deitado 10m SH1 – Carlos Garletti 35º (623.2) à 9.3pts da final
Classificatória – Carabina de ar em pé 10m SH2 – Alexandre Galgani foi desclassificado

 
TÊNIS DE MESA
Classe 9, grupo D, Diego Moreira 3×2 Amine Mohammed Kalem(ITA). Mas mesmo assim o brasileiro não avança. Ele precisava vencer de 3-1;
Classe 3, grupo E, Thais Severo 0x3 Jiyu Yoon(KOR);
Classe 1, grupo C, Aloisio Lima 2×3 Paul Davies(GBR);
Classe 10, grupo D, Carlos Carbinatti 2×3 Krisztian Gardos(AUT);
Classe 5, Claudiomiro Segatto 2×3 Lin Yen-Hung(KOR)
Classe 3, Oitavas, Welder Knaf 3×1 Gabriel Copola(ARG). Nas quartas Welder perdeu (0x3) p/ Thomas Schmiderberger(GER);
Classe 10, grupo A, Bruna Alexandre 3×0 Mirjana Lucic(CRO). Bruna vai pra semifinal;
Classe 7, oitavas de final, Israel Stroh 3×2 Popov Mykhalo(UKR). Nas quartas Israel venceu Nikolai Nikolenko(UKR) por 3 sets a 1 e avança às semifinais;

 
TRIATLO
masculino PT1, Fernando Aranha termina a prova em 7º lugar (1:06:51).

 
TÊNIS EM CADEIRA DE RODAS
Ymanitu Silva 0x2 Lucas Sithole(RSA), 5/7 e 3/6, na categoria Quad
Natalia Mayara 2×0 Brusra Un(TUR), 6/1 e 6/0
Mauricio Pomme e Carlos Santos 0x2 Won Im Ho e Gel Ha Lee(KOR)
Rejane Candida 0x2 Yui Kamiji(JPN), duplo 0/6
Rodrigo Oliveira e Ymanitu Silva 0x2 Itai Erenlib e Shraga Weinberg, duplo 0/6

 
BRA nos #JogosParalimpicos :
5 medalhas de #Ouro
9 de #prata
5 de #bronze

medalhas-dia3

#JogosParalimpicos Rio 2016, 3ª dia de disputas

#JogosParalimpicos Rio 2016, 2ª dia de disputas

Um dia prateado! Foram 5 só hoje, além de 1 ouro e 1 bronze

 

ATLETISMO
Classificatórias:
100m T53, Ariosvaldo Fernandes venceu sua eliminatória e bate recorde paralímpico (14.69);
100m T35, Fabio Bordignon da Silva foi o mais rápido em sua eliminatória com 12.78;
100m T11 – semifinal, Terezinha Guilhermina avança à final com o 4º melhor tempo. Lorena Spoladore e Jerusa Santos não passaram;
100m T12 – semifinal, Alice Corrêa avança p/ final com 12.20, 4º melhor tempo.

 

Finais:
400m masculino T20, Daniel Martins medalha de OURO com 47.22 e novo recorde mundial!
100m rasos feminino T38, Verônica Hipólito medalha de PRATA (12.88) à 0.26 da 1ª e Jenifer Santos 8º lugar (13.61)
100m rasos masculino T35, Fabio Bordignon medalha de PRATA com 12.66 (à 0.35 do ouro)
Lançamento de disco F11, Izabela Campos medalha de BRONZE com 32,60m. Ouro e Prata CHN (36,65m e 35,01m)
Lançamento de dardo F54, José Rodrigues 4º colocado (23,41m) à 15cm do bronze;
100m rasos feminino T36, Tascitha Oliveira Cruz terminou em 6º;
Arremesso de peso F41, Kelly Cristina Peixoto 5ª colocada (7,94m) à 20cm do bronze;
100m rasos masculino T13, Kesley Josué terminou em 4º (11.00) e Gustavo Henrique Araújo em 8º (11.45). Jason Smyth/IRL é tricampeão paralimpico (10.64);
Lançamento de dardo F44, Edevaldo Silva 7º colocado (53,74m) à 1,25m do bronze;
Salto em altura T42, Flávio Reitz 9º lugar (1,71m) à 15cm do bronze.
100m rasos feminino T11, Terezinha Guilhermina em 4º nos com 12.11. Ouro Libby Clegg/GBR (11.96). Mais tarde Terezinha foi desclassificada;
100m rasos feminino T12, Alice Correa 4ª com 12.26. Ouro Omara Durand/CUB (11.40);
100m rasos masculino T53, Ariosvaldo Fernandes Silva 4º lugar (14.88).

paralimpicos-dia09-atl-veronica

paralimpicos-dia09-atl-fabio

paralimpicos-dia09-izabella-bronze

 

BASQUETE EM CADEIRA DE RODAS
feminino, 2ª rodada do grupo A, Brasil 32×77 Alemanha. Domingo, 21:30, BRA x GBR.
masculino, 2ª rodada do Grupo B, Brasil 82×43 Argélia. Sábado, 21:30 BRA x GBR.

paralimpicos-dia9-basquete

 

CICLISMO
contra-relógio 1000m, Marcia Fanhani fez 1:22.354 e ficou em 13° lugar;
contra-relógio C4-C5 1000m, Lauro Cesar Chaman 12º e Soelito Gohr 18º.

 

FUTEBOL de 5
1ª rodada do Grupo A, Brasil 3×1 Marrocos (Ricardinho, Jefinho e Nonato). Domingo, 16:00, BRA x TUR.

 

GOALBALL
masculino, 2ª rodada do Grupo A, Brasil 11×3 Canadá. Domingo as 09:00 BRA x ALG.
feminino, 2ª rodada do Grupo C, Brasil 1×2 Japão. BRA e USA em 2º no grupo c/ 3pts (JPN 4). Segunda 10:15 BRA x ISR.

paralimpicos-dia09-goalball

 

JUDÔ
Abner Nascimento de Oliveira – até 73kg, perdeu na 1ª luta;
Harlley Damião Arruda – até 81kg, perdeu na 1ª luta;
Lucia Araújo – até 57kg, medalha de PRATA! Ela estreou direto nas quartas, vencendo WANG Lijing/CHN. Na semifinal venceu Junko Hirose/JPN por ippon; Na final Lucia perdeu p/ Inna Cherniak/URK por ippon e ficou com a PRATA.

 

LEVANTAMENTO DE PESO
Masculino até 54kg, Bruno Carra 4º lugar (162kg) empatado com o 3º, mas perdeu no peso corporal.

 

NATAÇÃO
Classificatórias:
50m livre S7, Ítalo Pereira ficou em 6º na série (32.68) e em 11º no geral, não passando pra final;
50m borboleta S6, Talisson Glock 3º na série (33.74) passou em 7º para a final;
50m livre S10, Phelipe Rodrigues (24.07) venceu a 2ª série. André Brasil em 2º na sua série (24.36), ambos passaram pra final;
50m livre S10, Mariana Ribeiro (29.02) melhor marca pessoal, entrou c/ 7º tempo para a final;
100m costas S11, Regiane Nunes Silva ficou em 11º no geral com melhor marca pessoal (1:28.35);
400m livre S9, Camille Cruz fez 5:09.24 e ficou na 10ª colocação;
100m borboleta S8, Gabriel Sousa ficou em 6º na série (1:08.56); 11º no geral;
revezamento 4x50m livre – 20pts:
Time A: Daniel Dias, Clodoaldo Silva, Edenia Garcia e Joana Maria Silva
Time B: Susana Ribeiro, Talisson Glock, Maiara Regina Barreto e Patricia Pereira dos Santos
Brasil classificou com 2º tempo; perdeu para a Ucrânia na série anterior 2:33.94 contra 2:32.19. Na final o Brasil vai ter Daniel Dias S5+Joana Neves S5 e a melhor das duplas da manhã. Time tem Patricia Pereira S4+Talisson Glock S6, Susana Ribeiro S5+Clodoaldo Silva S5, a melhor das duas duplas fica para a final. Revezamento 20 pontos ou seja 4 nadadores somando suas classes = 20 pontos. (via @alexpussieldi)

 

Finais:
50m livre masculino S10, Phelipe Rodrigues medalha de PRATA (23.56) à 0.23 do 1º e André Brasil 4º lugar (23.78) à 0.03 do 3º;
Revezamento 4x50m livre 20 pts, Brasil medalha de PRATA com 2:25.55. Ouro e #WR p/ CHN (2:18.20). Brasil nadou com: Clodoaldo Silva, Joana Silva, Susana Ribeiro e Daniel Dias. Daniel conquista sua 17ª medalha paralímpica!! Ele tem 11O-5P-1B.
50m borboleta masculino S6, Talisson Glock em 8º (33.14)
50m livre feminino S10, Mariana Ribeiro em 7º (29.30)

paralimpicos-dia09-natacao-reveza

 

REMO
Single Skiff ASW1x, Cláudia Santos foi 2ª na sua bateria e vai pra repescagem;
Single Skiff ASW1x, Renê Campos foi 4º na sua bateria e também vai pra repescagem;
Double Skiff TAMix2x, Josiane Lima e Michel Pessanha chegaram em terceiro na bateria e seguem para a repescagem.

paralimpicos-dia09-remo

 

TÊNIS EM CADEIRA DE RODAS
Simples masculino, primeira rodada
Daniel Rodrigues vence o chileno Robinson Mendez com 6/0 e 6/4;
Mauricio Pomme/BRA 0x2 Kamil Fabisiak/POL (1/6 e 2/6);
Rafael Medeiros/BRA 1×2 Steve Baldwin/USA (2/6, 6/4, 3/6);
Carlos Santos 0x2 Martin de la Puente/ESP (1/6, 4/6);
Rodrigo Oliveira 0x2 Mitsuteru Moroishi/JPN (1/6, 0/6).
Dupla, 1ª rodada
Natália Mayara e Rejane Cândida 0x2 Dana Mathewson e Kaitlyn Verfuerth/USA (2/6, 4/6).
Simples quad, 1ª rodada
Ymanitu Silva/BRA 2×1 Jamie Burdekin/GBR, 6/2, 2/6, 6/1

paralimpicos-dia09-cbtenis

 

TÊNIS DE MESA
Classe 1-2, grupo A, Cátia Cristina Oliveira 0x3 Su-Yeon Seo/KOR;
Classe 4, grupo B, Joyce Oliveira 2×3 Wijittra Jai-On/THA;
Classe 10 F, grupo A, Bruna Alexandre 0x3 Qian Yang/CHN;
Classe 2, grupo B, Iranildo Espíndola 2×3 Yanming Gao/CHN;
Classe 2, grupo C, Guilherme Costa 0x3 Kyungmook Kim/KOR;
Classe 5, grupo D, Claudiomiro Segatto 3×2 Jack Hunter-Spivey/GBR. O brasileiro passou pras oitavas;
Classe 1-2, grupo A, Cátia Cristina Oliveira 2×3 Clara Podda/ITA
Classe 3, grupo G, David Freitas 0x3 Gabriel Copola/ARG
Classe 8, grupo F, Luiz Filipe Manara 2×3 Linus Karlsson/SWE
Classe 9, grupo A, Jennyfer Parinos 0x3 Lina Lei/CHN
Classe 9, grupo B, Danielle Rauen 1×3 Karolina Pek/POL. Mesmo assim, Danielle passou pra semifinal.
Classe 7, grupo A, Israel Stroh 1×3 Keli Liao/CHN. Israel classificado p/ oitavas;
Classe 7, grupo D, 7Paulo Salmin 1×3 Sayed Youssef/EGY.

 

TIRO
Pistola de Ar 10m-feminino-SH1, Débora Campos em 13º (359) à 5pts da vaga pra final
Pistola de Ar 10m-masculino-SH1, Geraldo Von Rosenthal 15º colocado (557) à 3pts da final

 

VÔLEI SENTADO
masculino, 1ª rodada do Grupo A, Brasil 3×0 Estados Unidos (25/14, 25/17 e 25/14). Domingo, 10:00 BRA x EGY.
feminino, 1ª rodada do Grupo A, Brasil 3×0 Canadá (25/7, 25/12 e 25/14). Domingo 20:30 BRA x UKR.

 

O Brasil está em 5º lugar no quadro de medalhas com 3 de ouro, 6 de prata e duas de bronze (11 no total). Já foram disputadas 88 finais:
paralimpicos-medalhas-dia2

34 países já conquistaram ouros e 56 ao menos uma medalha

Fotos: @cpboficial, @brasil2016 @cbtenis  @remoemvoga

#JogosParalimpicos Rio 2016, 2ª dia de disputas

#JogosParalimpicos Rio 2016, 1ª dia de disputas

Os brasileiros conquistaram 4 medalhas, sendo dois ouros, uma prata e um bronze!

 

Atletismo

Eliminatórias:
100m rasos feminino T11 – Terezinha Guilhermina, Jerusa Santos e Lorena Spoladore passaram pra semifinal;
100m rasos feminino T12 – Alice Correa passou pra final;
100m rasos feminino T36 – Tascitha Cruz venceu sua semi e passa pra final com o 2º tempo com 14.53;
100m rasos masculino T44 – Alan Fonteles e Renato Cruz. Ambos não se classificaram;
400m rasos masculino T20 – Daniel Tavares garantiu vaga para a final, vencendo a 1ª eliminatória;
100m rasos masculino T13 – Gustavo Henrique e Kesley Josué passaram p/ a final;
100m rasos feminino T38 – Verônica Hipólito vence sua semi com 12.84, recorde paralímpico! Na semi seguinte, Sophie Hahn GBR 12.62, diminuindo o recorde. Jenifer
Santos também segue p/ a final!
Arremesso de peso feminino F57 (final) – Roseane Santos ficou em 7ª na eliminatória do arremesso de peso F57, e não participa da final.

Finais:
5000m masculino T11 – Odair Santos Medalha de Prata! A 1ª do Brasil nestes Jogos. Ele completou a prova em 15:17.55! Ouro pro queniano Samwel Kimani 15:16.11;

Salto em distância masculino T11, Ricardo Costa medalha de Ouro com 6,52m! Prata USA, Bronze UKR;

Arremesso de peso masculino F12 – Caio Vinícius termina em 5º e Alessandro Silva em 10º. Pódio ESP, IRI e UKR;
Arremesso de peso masculino F41 – Jonathan Santos ficou em 4º lugar (11,71m) a 62cm do bronze;
Lançamento de disco masculino F37 (final) – João Victor 7º colocado (45,10m) à 7,15m do bronze;
Salto em distância feminino T47 (final) – Sheila Finder 9ª colocada (5,00m) à 57cm do bronze.

atletismo-odair-prata

 

atletismo-ricardo-ouro

 

 
Basquetebol em Cadeira de Rodas
Feminino, 1ª rodada do Grupo A, Brasil 85×19 Argentina. Sexta-feira as 15:15 BRA x GER
Masculino, 1ª rodada do Grupo B, Brasil 38×75 Estados Unidos. Sexta-feira as 21:00 BRA x ALG
 

Futebol de 7
Brasil 2×1 Grã-Bretanha (gols de Maycon e Leandrinho). Sábado as 19:00 jogarão BRA x IRL pela 2ª rodada
 

Goalball
Brasil 9×6 Suécia (masculino, 1ª rodada do grupo A). Sexta-feira as 13:15 tem BRA x CAN
Brasil 7×3 Estados Unidos (feminino, 1ª rodada do grupo C). Sexta-feira as 18:45 tem BRA x JPN
 

Judô
Até 48kg – Karla Cardoso 7ª colocada;
Até 52kg – Michele Ferreira perdeu p/ Cherine Abdellaoui/ALG por 1 yuko e terminou em 5º lugar;
Até 60kg – Rayfran Mesquita 9º lugar;
Até 66kg – Halyson Bôto 7º colocado.

Natação
Classificatórias:
400m livre feminino S8 – Cecília Jerônimo de Araújo 5:26.27 nos 400m livre S8 fora da final. Foi o 11º tempo;
100m peito masculino SB9 – Ruan de Souza 11º com 1:13.63 e Lucas Mozela 12º com 1:14.54 fora da final;
100m costas masculino S14 – Felipe Vila Real não avançou;
200m livre feminino S5 – Susana Schnarndorf Ribeiro com o 9º tempo (3:19.03) e fica fora da final;

Finais:
Talisson Glock – 100m costas S6, brasileiro chegou em 4º com 1min15s97 a 0.56 do bronze.
Caio Oliveira – 400m livre S8, mais um 4º lugar com 4:33.97. Ouro Oliver Hynd/GBR 4:21.89 #WR
Maiara Regina – 100m livre S3, 8º lugar
Thomaz Matera – 100m borboleta S13, 6º lugar com 58s42
Daniel Dias – 200m livre S5, medalha de OURO com 2:27.88. Daniel chega a sua 16ª medalha em Jogos Paralímpicos (11 ouros, 4 pratas e uma de bronze).
Joana Neves – 200m livre S5, 6º lugar
Ítalo Pereira – 100m livre S7, medalha de BRONZE com 1:12.48

natacao-daniel-podio

nata-italo-bronze

 

 

Tênis de mesa (5 vitórias em 19 jogos)
1ª fase Classe 5 – Claudiomiro Segatto 0x3 Valentin Baus/GER
1ª fase Classe 4 – Joyce Oliveira 0x3 Borislava Peric-Rankovic/SRB
1ª fase Classe 1 – Aloisio Lima 0x3 Chang Ho Lee/KOR
1ª fase Classe 10 – Bruna Alexandre 3×0 Andrea McDonnel/AUS
1ª fase Classe 10 – Carlos Carbinatti 0x3 Jose Manuel/ESP
1ª fase Classe 7 – Israel Pereira Stroh 3×1 Will Bayley/GBR
1ª fase Classe 7 – Paulo Salmin 2×3 Jean-Paul Montanus/NED
1ª fase Classe 9 – Danielle Rauen 3×2 Guiyan Xiong/CHN e 3×0 Lena Kramm/GER
1ª fase Classe 9 – Jennyfer Parinos 0x3 Neslihan Kavas/TUR e 0x3 Liu Meng/CHN
1ª fase Classe 9 – Diego Moreira 1×3 Yiqing Zha/CHN
1ª fase Classe 3 – Welder Knaf 3×0 Victor Sjoqvist/SWE e 2×3 Zhai Xiang/CHN
1ª fase Classe 3 – David Freitas 0x3 Jeong Seok Kim/KOR
1ª fase Classe 3 – Thais Severo 1×3 Alena Kanova/SVK
1ª fase Classe 8 – Luiz Manara 0x3 Andras Csonka/HUN
1ª fase Classe 2 – Iranildo Espíndola 0x3 Rafal Czuper/POL
1ª fase Classe 2 – Guilherme Marcião Costa 0x3 Jan Riapos/SVK

 

medalhas-dia-1-para

 

Fotos: @cpboficial, @brasil2016

#JogosParalimpicos Rio 2016, 1ª dia de disputas

RESUMO DA SEMANA (29/08 a 04/09)

– ATLETISMO
13ª etapa da Liga Diamante em Zurich/SUI, no dia 1º de setembro, com 3 brasileiros na disputa #ZurichDL
Salto com Vara, Thiago Braz foi Bronze com 5,84m. Ouro p/ Sam Kendricks/USA e Renaud Lavillenie/FRA com 5,90m;
Lançamendo do Disco, Fernanda Martins 10ª (52,11m), Ouro Sandra Perkovic/CRO (68,44m);
Arremesso de Peso, Darlan Romani ficou em 8º (20,19m). Ouro p/ Tom Walsh/NZL (22,20m);
http://zurich.diamondleague.com/home/

Festival Internacional de Atletismo (ISTAF) em Berlim, na Alemanha, no último dia 3
Thiago Braz ficou com a prata ao saltar 5,74m. O ouro foi para o grego Konstandinos Filippidis, que obteve a mesma marca, mas levou a melhor nos critérios de desempate.

 

– CANOAGEM SLALOM
4ª etapa da Copa do Mundo em Praga/CZE, com 5 brasileiros #ICFSlalom
Ana Sátila conquistou uma inédita medalha de PRATA e todos os demais barcos brasileiros chegaram nas semifinais.

K1 Feminino:
Ana Sátila em 6º na 1ª descida das eliminatórias (100.32) passou pra semifinal;
7ª colocada na semifinal (109.20); na final ela conquistou a medalha de PRATA (110.75). O pódio:
1ª Ricarda Funk/GER 108.59
2ª Ana Sátila/BRA +2.16
3ª Eva Tercelj/SLO +2.78

canoa-medalha-ana

C1 Masculino:
Charles Correa 51º na 1ª descida (161.01) e 19º na 2ª (106.77) não se classificou;
Felipe Borges em 17º na 1ª descida (98.89) passou p/ semifinal; 22º na semifinal (111.49) à 7.45s da final.
Pódio:
1º Matej Benus/SVK 98.91
2º Ryan Westley/GBR +0.25
3º Benjamin Savsek/SLO +1.83

K1 Masculino:
Pedro da Silva em 7º na 1ª descida (87.03) passou pra semifinal; 25º na semifinal (100.87) à 3.35s da final.
1º Jiri Prskavec/CZE 91.60
2º Ondrej Tunka/CZE +0.01
3º Vavrinec Hradilek/CZE +0.17

C2 Masculino:
Anderson Oliveira e Charles Correa em 18º na 1ª descida (109.61), 5º na 2ª descida (113.50) passaram pra semi; 20º na semi (188.68).
1º Ladislav Skantar e Peter Skantar/SVK 108.29
2º Robert Behling/Thomas Becker/GER +2.66
3º Ondrej Karlovsky/Jakub Jane/CZE +5.53

C1 Feminino:
1ª Jessica Fox/AUS 113.59
2ª Katerina Hoskova/CZE +6.93
3ª Mallory Franklin/GBR +7.15

Ana Sátila e Pedro Henrique Silva também conquistaram medalhas (bronzes) no K1 Cross feminino e masculino, respectivamente. Diferente das provas disputadas nos Jogos Olímpicos, em que cada canoísta desce sozinho a corredeira, a modalidade cross é disputada com menos obstáculos em baterias de quatro atletas por vez, que vão se classificando até chegar à final. (http://www.gavini.com.br/).

Todos os resultados: http://www.canoeicf.com/canoe-slalom-world-cup-4/prague-2016-results
Site Oficial do Evento: http://www.slalomtroja.cz/cz/

 

– GOLFE
PGA Tour Latinoamérica, Flor de Caña Open em Tola, na Nicarágua #fdcopen
O brasileiro Rafael Becker terminou em 30º lugar com 272 tacadas (12 abaixo do par). Ele ficou à 13 tacadas do vencedor, Augusto Nunez/ARG (-25; 259 tacadas).

Sioux Falls Greatlife Challenge, torneio do Symetra Tour (acesso ao LPGA) #volvikrace
Vitória de Nelly Korda/USA c/ 14 abaixo do par. A brasileira Luciane Lee ficou em 33º lugar (+1).

10º Campeonato Mundial de Golfe Militar: Brasil ganha cinco ouros e oito medalhas, na Holanda
Na competição masculina individual, o Brasil ganhou as três medalhas em disputa, com Daniel Stapff (ouro), Rodrigo Lee (prata) e André Tourinho (bronze), este ao vencer no desempate Rafael Barcellos, que terminou em quarto lugar, depois de ter começado a volta final em primeiro. Stapff venceu com 284 (71-73-67-73) tacadas, quatro abaixo do par. Barcellos perdeu o bronze individual, mas, em compensação, levou a medalha de ouro na categoria sênior.
Equipe masculina: o Brasil liderou de ponta a ponta a disputa pelo ouro por equipes, ao somar 1143 tacadas, nove abaixo do par.
Entre as mulheres, Miriam Nagl foi imbatível e levou o ouro de ponta a ponta. A paranaense radicada na Alemanha venceu com 288 (70-72-70-76) tacadas, o par do campo. A carioca Clara Teixeira terminou com o bronze, com 312 (77-79-80-76).
Equipe feminina: o Brasil também levou o ouro de ponta a ponta, com 600 tacadas.
(matéria extraída de http://www.golfe.esp.br/)

Brasil-medalhas-mundial-militar-golfe

medalhas-golfe-militar

 

– NATAÇÃO

2ª etapa da Copa do Mundo (piscina curta) em Berlim/GER, nos dias 30 a 31 de agosto #SWCBerlin
Foram 9 presenças em finais dos 4 atletas brasileiros e os resultados foram:
Felipe Lima levou o bronze nos 50m peito com o tempo de 26.21;
– Felipe Lima 4º na final dos 100m peito (57.07);
– Nelson Silva Jr. 5º na final no 50m costas (24.19);
– Nelson Silva Jr. terminou em 6º nos 100m costas com o tempo de 52.92;
– Glauber Silva 6º na final dos 50m costas (24.69);
– Glauber Silva 7º na final dos 100m borboleta (52.76);
– Luana Ribeiro terminou na 8ª posição nos 200m livre feminino, com 2:01.30;
– Glauber Silva ficou com o oitavo posto nos 50m borboleta com 23.54;
– Luana Ribeiro 8ª na final dos 100m livre (55.99).

3ª etapa da Copa do Mundo (piscina curta) em Moscou/RUS, dias 3 e 4 de setembro #SWCMoscow #SWC16
2 atletas brasileiros participaram de 4 finais e conquistaram duas medalhas:
50m peito, Felipe Lima medalha de Prata com 26.24;
100m Peito, Felipe Lima foi Bronze com 57.79;
– 100m costas, Nelson Silva Jr em 6° lugar (52.98);
– 50m costas, Nelson Silva Jr 7° lugar com 24.18.

natacao-felipe-lima

A próxima etapa será nos dias 30 de setembro e 1º de agosto, em Pequim. Mais cinco etapas serão disputadas em outubro: Dubai (dias 4 e 5), Doha (8 e 9). Cingapura (21 e 22), Tóquio (25 e 26) e Hong Kong (29 e 30). O Mundial de piscina curta será disputado entre 6 e 11 de novembro, em Windson, no Canadá.

Todos os resultados:
http://www.omegatiming.com/Competition?id=0001100006FFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFF&sport=AQ&year=2016

 

– POLO AQUÁTICO
3º Campeonato Mundial Masculino da Juventude (sub18) em Podgorica/MNE. #waterpolo
A seleção brasileira disputou 6 jogos, venceu 3, perdeu 3 e ficou na 13ª colocação. Na 1ª fase o Brasil esteve no chamado ‘grupo da morte’, e sofreu 3 derrotas: Brasil 9×18 Itália, 14×23 Hungria e 11×19 Montenegro. A prova de que o grupo era muito forte é que os 3 adversários do Brasil chegaram até a semifinal.
Na disputa por posições o Brasil venceu 3 jogos consecutivos e terminou em 13º lugar: Brasil 15×12 África do Sul, 21×7 China e 15×12 Egito. Rafael Real foi o artilheiro da competição com 44 gols, média de 7,6 por jogo. Os jogos finais:
Disputa do 7º lugar: Austrália 8 x 9 Rússia;
5º lugar: Grécia 19 x 22 Sérvia;
Disputa do bronze: Hungria 12 x 8 Itália;
Final: Croácia 16 x 13 Montenegro.
Os pódios das edições anteriores:
1º Mundial em Perth/2012: 1º Itália, 2º Hungria, 3º Sérvia, 9º Brasil;
2º Mundial Istambul/2014: 1º Hungria, 2º Espanha, 3º Rússia, 13º Brasil (Guilherme Gomes foi o vice-artilheiro com 27 gols).
Mais informações: http://www.wpolo.me/podgorica-2016

 

– LUTAS
Terminou no último domingo (dia 4) o Campeonato Mundial Júnior em Macon/FRA, com 3 brasileiros na disputa #Macon2016 #Wrestling
* Joílson Júnior(GR -66kg) 12º lugar (ele venceu Ryo Nakahashi/JPN na estréia por 6 a 1; nas oitavas Joílson perdeu p/ Ramaz Zoidze/GER por 12 a 4; na repescagem ele perdeu p/ Kristupas Sleiva/LTU por 8 a 0);
* Thais Oliveira (-72kg) 13º lugar (ela perdeu nas oitavas p/ Masako Furuichi/JPN por 10×0; na repescagem, Thais perdeu por encostamento p/ Gracelynn Doogan/CAN);
* Phelipe dos Santos (LL -74kg) 27º lugar (ele perdeu nas oitavas p Gheorghi Pascalov/MDA por 11×0);

estilo Greco-Romano:
Geórgia campeã com 4 ouros (e um bronze) em 8 categorias

lutas-medalhas-grecoromano

estilo livre feminino:
As japoneses conquistaram 6 dos 8 ouros possíveis

lutas-medalhas-feminino

estilo livre masculino:
Rússia, Irã e Estados Unidos com 2 ouros cada

lutas-medalhas-masculino

 

– BADMINTON
Entre os dias 31 de agosto e 4 de setembro foi realizada em Foz do Iguaçú/PR a 3ª edição do Grand Prix Brasil. Ao final da competição os brasileiros conquistaram 5 medalhas, sendo uma prata e 4 bronzes:
* Ygor Coelho foi bronze no individual masculino. Ele perdeu a semifinail (0x2) p/ Zulfadli Zulkiffli/MAS (18/21 e 22/24);
* Fabiana Silva também foi bronze. Ela perdeu (1×2) p/ Airi Mikkela/FIN na semifinal, parciais de 14/21, 21/19, 7/21;
* Bianca Lima e Naira Vier, de Blumenau, ficaram com a Prata na dupla feminina (0x2 p/ Barbara Bellenberg e Eva Janssens/GER);
* Manoella Koepsel (de Blumenau) e Thayse Salles conquistaram o Bronze na dupla feminina;
* Paula Pereira e Fabiana Silva também foram bronze na dupla feminina.
A Alemanha venceu o evento com dois Ouros, uma Prata e dois Bronzes.
Os campeões: individual masculino foi Zulfadli Zulkiffli/MAS; Beatriz Corrales/ESP ganhou o feminino; Michael Fuchs e Fabian Holzer/GER venceram nas duplas masculinas e Pranaav Chopra e Reddy Sikki/IND conquistaram as duplas mistas.
Todos os resultados:
http://www.tournamentsoftware.com/sport/winners.aspx?id=1216C8C8-3AFE-48F9-BCDE-685A2841A4CD

 

– TÊNIS DE MESA
Aberto da República Tcheca, etapa da série Major, a segunda mais importante do Circuito Mundial #ITTFWorldTour
Lin Gui foi a única brasileira no evento. Na qualificação venceu (4×0) Mercedes Nagyvaradi/HUN, 4×0 Olga Kim/UZB e 4×3 Kristyna Mikulcova/CZE. Na chave principal, fase 64avos de final, Lin Gui 2×4 Dora Madarasz/HUN (2-11,11-7,5-11,8-11,11-5,5-11).
Nas duplas, jogando com Mo Zhang/CAN, foi bye na 1ª rodada do quali e perdeu 1×3 p/ Renata Strbikova e Lenka Harabaszova/CZE

 

– CICLISMO/MTB
Copa do Mundo, 6ª etapa de XCO e 7ª de DHI em Vallnord/AND #UCIMTBWC

No Downhill
4 brasileiros no quali adulto e nenhum avançou pra finais:
Lucas Bertol 104º (+31.074), Lucas Borba 106º (+31.947), Maicon Zottis 139º (+1:25.431), Roger Vieira não completou.
No quali masculino júnior: Maicon Pradella 37º (+28.376), Roger Vieira estava inscrito mas não iniciou a disputa.

Elite masculina: Ouro Danny Hart/GBR (4:13.611), Prata Greg Minnaar/RSA (+2.798), Bronze Loic Bruni/FRA;
Elite feminina: Ouro Rachel Atherton/GBR (4:52.783), Prata Tracey Hannah/AUS (+6.568), Bronze Myriam Nicole/FRA;
Júnior masculino: Ouro Gaeten Vige/FRA, Prata Finnley Iles/CAN, Bronze Elliott Heap/GBR.

mtb-uci-dhi-rachel

No Cross Country (XCO)
Elite Feminina
1ª Jolanda Neff/SUI (1:31:32)
2ª Gunn-Rita Flesjaa/NOR (+0:36)
3ª Catherine Pendrel/CAN (+1:21)
20ª Raiza Goulão/BRA (1:41:56; +10:24). 47 atletas completaram o percurso.

Sub 23 masculino
1º Marcel Guerrini/SUI 1:19:50
2º Simon Andreassen/DEN +0:10
3º Titouan Carod/FRA +0:45

Sub 23 feminino
1ª Sina Frei/SUI 1:21:24
2ª Anne Tauber/NED +1:55
3ª Nicole Koller/SUI +3:01

Elite Masculina
1º Julien Absalon/FRA 1:26:08
2º Ondrej Cink/CZE +0:43
3º Pablo Rodriguez Guede/ESP +0:55

mtb-uci-dhi

http://www.uci.ch/mountain-bike/
http://www.vallnordworldcup.com/ca/61-2/
http://62.50.72.82/uciroot/wcmtb/2016/default.aspx?language=eng

 

– MARATONA AQUÁTICA
3ª etapa do Grand Prix Fina na Itália (Capri-Napoli), prova de 36km!
Evgenij Pop Acev/MKD venceu a prova com 6:17:04.00. O brasileiro Matheus Evangelista terminou na 5ª colocação (6:28:54.00).
http://www.caprinapoli.com/web/wp-content/uploads/2016/09/results-2016-combined.pdf

 

– TRIATLO
8ª etapa da WTS em Edmonton/CAN #WTSEdmonton #triathlon #ITU
Competição disputada em 750m de natação, 20km de bicicleta e 5km de corrida. Na elite feminina o pódio foi todo norte-americano:
Ouro p/ Summer Cook (56:49.5)
Prata Sarah True (56:52.7)
Bronze Katie Zaferes (56:56.9)
Na elite masculina o Ouro ficou com o britânico Jonathan Brownlee (51:39.9).
Prata p/ Mario Mola/ESP (51:56.3)
Bronze Richard Murray/RSA (52:01.0)
Não tivemos brasileiros no evento.
http://edmonton.triathlon.org/

 

– CICLISMO
O brasileiro Nicolas Sessler (equipe Compak) conquistou neste domingo (4 de setembro) o título de campeão da Volta a Valencia, uma das mais importantes provas por etapas do calendário amador espanhol. #cyclingroad #ciclismo
Matéria completa (em espanhol):
http://www.fccv.es/index.php/noticias-carretera/item/15574-el-brasileno-nicolas-sessler-se-lleva-la-volta-a-valencia-trofeu-diputacio

ciclismo-masc-bra

ciclismo-mas-nicolas
Fotos: @uci_mtb, canoagem.org.br, golfe.esp.br, internet(divulgação), globoesporte.com, www.fccv.es

RESUMO DA SEMANA (29/08 a 04/09)